<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 ">

5 principais tendências logísticas em 2019

Artur Alves | 22. abr 2019
5 minutes read

A procura por parte dos consumidores de personalização, capacidades de localizar e seguir e de entregas cada vez mais rápidas e flexíveis nunca foi tão grande. As grandes expetativas dos clientes têm um impacto em toda a cadeia de abastecimento.

Simultaneamente, as soluções de gestão logística e de fornecimento de próxima geração estão a tornar as cadeias globais de abastecimento mais inteligentes, mais rápidas, mais centradas no cliente e mais sustentáveis.

A seguir, olhamos para as 5 principais tendências em destaque na inovação logística em 2019.

 1.Colaboração na cadeia de abastecimento

Atualmente, a colaboração na cadeia de abastecimento é um tema quente. As empresas que utilizam soluções digitais inovadoras para colaborar eficazmente em toda a cadeia de abastecimento assistem já a enormes vantagens comerciais:

  • Até 35% na redução de custos
  • Redução até 50% na pegada de carbono
  • Aumento da precisão de previsões (até 25%)
  • Uma redução até 20% em inventários
  • Melhores SLA para precisão das entregas (em alguns casos até 98% ou superior)
  • Uma redução até 10% em mão de obra administrativa

... para além de uma melhoria nos níveis de serviço e na satisfação dos clientes.

 2. Transição do B2B para B2B2C

Atualmente, ao discutir logística, o B2C (business-to-consumer) e o B2B (business-to-business) têm sido mantidos em separado. Com o aumento do comércio eletrónico, os consumidores (em operações B2C) têm sido continuamente informados sobre o movimento das mercadorias, tendo até a possibilidade de alterar o destino enquanto o produto se encontra em circulação.

Estas experiências, amplificadas pelo afluxo de novos e jovens talentos nas empresas, criou igualmente novas necessidades nas operações logísticas B2B. O B2B2C é a tendência mais recente de modelo de negócio, onde a transparência, flexibilidade, sustentabilidade e eficiência andam lado a lado.

 

 3. Logística verde

Cada vez mais, as empresas logísticas estão a integrar objetivos de desenvolvimento sustentável no seu negócio. Com vista a diminuir a carga ambiental dos transportes e das cadeias de abastecimento, o setor está a transformar-se numa logística verde. As vantagens de integração da sustentabilidade na abordagem da gestão de cadeias de abastecimento são:

  • Maior reputação da empresa
  • Redução dos custos da cadeia de abastecimento
  • Melhoria na inovação de processos e produtos, que consequentemente gera fluxos de receitas adicionais
  • Maior fidelização dos clientes

 4. Logística elástica

A logística elástica é um novo conceito no ambiente logístico. Diz respeito à possibilidade de aumentar e diminuir as capacidades logísticas para se ajustar às necessidades de uma determinada situação no âmbito de uma operação logística.

As soluções flexíveis na nuvem para a visibilidade e integração da cadeia de abastecimento ajudam as empresas logísticas a ajustarem-se às flutuações de mercado. A logística elástica permite às empresas fazer entregas a tempo enquanto mantêm os custos baixos, independentemente do aumento da procura. Esta traz bastantes benefícios como:

  • Melhoria da experiência do cliente
  • Visibilidade da cadeia de fornecimento em tempo real
  • Ligação a todos os processos de negócio
  • Fornecer agilidade e escalabilidade

5. Logística digital

A logística elástica não existe sem a logística digital. Numa indústria marcada pela ineficácia, o presente e o futuro assentam em redes digitais de fornecimento.

O impulso da logística digital (que se afasta dos processos com base em suportes de papel e em sistemas legacy rígidos) irá continuar em 2019 e nos anos seguintes, pois as vantagens e oportunidades são inúmeras:

  • Desenvolvimento de novos produtos
  • Mais inovação
  • Novas fontes de rendimento
  • Uma cadeia de abastecimento mais dinâmica, segura e interativa
  • Melhoria no acesso a dados e informações em tempo real
  • Melhor tomada de decisões
  • Processos e operações mais ágeis e eficientes
  • Melhoria no controlo, visibilidade e colaboração
  • Melhoria da capacidade de resposta às condições do mercado (logística elástica)
  • Capacidades de execução e planeamento mais rápidas
  • Menor tempo de colocação no mercado
  • Melhoria no serviço ao cliente e maior satisfação dos clientes

... e a lista continua.

No entanto, para efetuar a transição para o digital, a plataforma empresarial correta é essencial. Nenhuma transformação digital poderá ocorrer sem interconectividade e sem o intercâmbio eletrónico de informação como base. O setor logístico já está a assistir ao enorme aumento da utilização de aplicações na nuvem em 2019.

 

Nota final

Ao identificar as principais tendências no setor logístico, existe um facto inegável: o digital está em pleno andamento.

À medida que os avanços nas tecnologias logísticas e de transportes continuam a evoluir, os líderes inovadores das cadeias de abastecimento acolhem estas opções e deslocam as suas operações para a nuvem, em redes logísticas abertas. Desta forma, correspondem e superam as expetativas dos seus clientes e melhoram a sua posição no mercado.

 

Descarregue uma checklist gratuita


English Dansk Español Polski