<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 ">

5 fatores-chave para aumentar a rentabilidade no setor logístico

Artur Alves | 31. mai 2019
4 minutes read

No caso das empresas logísticas, a rentabilidade foi sempre sinónimo de grande desafio. Independentemente do aumento das receitas, as margens de lucro são sempre muito pequenas.

Com vista a aumentar a rentabilidade, as empresas logísticas têm de fazer mais do que ajustar apenas alguns custos. Têm de fazer uma melhor utilização dos recursos. Isto significa eliminar tudo o que seja desperdício neste setor através do aumento dos fatores de carga. Por outras palavras, os LSP têm de reduzir a quantidade de energia necessária para a movimentação das mercadorias porta a porta.

Neste artigo, estabelecemos cinco fatores-chave para aumentar a rentabilidade no setor logístico.

 1. Encher os camiões e outras unidades de carga o máximo possível

Uma forma de otimizar a utilização dos recursos é evitar o "transporte de ar", ao reduzir o número de camiões vazios ou subutilizados na estrada.

MIXMOVE - Truck. Loadfactor and CO2

 

A otimização das unidades de carga baseada na abordagem "volumes e não paletes" permite uma enorme redução de custos. Vários fornecedores de serviços de logística reduziram significativamente as taxas de preenchimento dos seus camiões ao adotar esta abordagem logística focada em volumes. Um dos maiores clientes da MixMove, a 3M, reduziu os custos de transporte em 35%, reduziu as emissões em 50% e atualmente só utiliza metade dos camiões de longo curso.

 2. Colaborar com outros expedidores

A colaboração horizontal entre expedidores, em que várias empresas juntam as suas expedições de forma a esgotar a capacidade do mesmo meio de transporte, maximiza a utilização dos recursos e gera uma redução significativa dos custos e das emissões.

A colaboração na cadeia de abastecimento é um fator crítico para aumentar a rentabilidade no futuro. De acordo com a McKinsey, as empresas que colaboram de forma eficaz ao longo da cadeia de abastecimento conseguiram reduzir os inventários e custos drasticamente, para além de apresentarem melhorias ao nível de rapidez, níveis de serviço e satisfação dos clientes.

 3. Aumentar os volumes melhorando a satisfação dos clientes

A obtenção de negócios recorrentes de clientes existentes e satisfeitos é sempre mais fácil e mais rentável, com as empresas a pouparem em custos, tempo e esforços em comparação a terem de encontrar novos clientes. Como tal, é da maior importância melhorar a satisfação dos clientes de forma a conseguir uma maior rentabilidade.

Otimize a experiência digital do cliente, através da recolha e ação com base no feedback de clientes. Para além disso, utilize alertas e notificações para dar atualizações rápidas, precisas e atempadas aos seus clientes.

 4. Aumentar volumes proporcionando uma maior visibilidade e transparência da cadeia de abastecimento

O acompanhamento de volumes, que permite aos clientes seguir os seus pedidos da loja online até à sua porta, não só é a funcionalidade de compras online B2C mais desejada, como se tornou uma expetativa. Embora exista atualmente uma exigência crescente no que diz respeito à logística e entrega, as capacidades de localizar e seguir as expedições B2B são deficientes ou mesmo inexistentes.

No entanto, a visibilidade e transparência total são essenciais para a experiência de fornecimento e devem ser parte integrante de todas as entregas em B2B. A visibilidade total da cadeia de abastecimento e o acompanhamento de eventos ajuda-o a controlar as operações e a manter os clientes satisfeitos.

 5. Aumentar a eficácia através da eliminação de papéis

A uma indústria marcada pela ineficácia, a digitalização oferece uma enorme variedade de vantagens e oportunidades, que vão desde processos menos dispendiosos e mais simples a um melhor desempenho financeiro.

 

Conclusão

A otimização de recursos da cadeia de abastecimento é a maior oportunidade que a maioria das empresas logísticas têm de melhorar significativamente o seu desempenho financeiro.

Devido aos vários tipos de fatores de pressão, que vão desde as necessidades cada vez maiores dos clientes, aos requisitos de redução de custos e às exigências da legislação ambiental, o desenvolvimento de sistemas operacionais eficazes e simples da cadeia de abastecimento é crucial e, a longo prazo, extremamente benéfico para a competitividade e rentabilidade no futuro.

 

Descarregue uma checklist gratuita


English Dansk Español Polski