<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 https://www.facebook.com/tr?id=1032111680290401&amp;ev=PageView&amp;noscript=1 ">

3 perguntas a colocar no momento de implementar a logística verde

Nuno Bento | 16. out 2019
4 minutes read

No livro “Green Logistics” (Logística verde), escrito pelo professor Allan Mckinnon e outros, a logística verde é composta por cinco áreas principais: redução das externalidades do transporte de mercadorias, logística urbana, logística inversa, estratégias ambientais empresariais focadas em logística e a gestão da cadeia de abastecimento verde.

Uma definição geral mais vasta do conceito diz que a logística verde descreve todas as tentativas para avaliar e minimizar o impacto ecológico das atividades logísticas. Na prática, a logística verde deve ser implementada de forma a beneficiar estas três partes interessadas: economia, ambiente e sociedade.

Como é que podemos então arranjar formas de implementar este conceito?

As seguintes questões podem ser respondidas pelos fornecedores de serviços logísticos, mas também pelos expedidores que querem garantir que os seus fornecedores de serviços logísticos utilizam serviços o mais ecológicos possíveis.

1. Como posso garantir que todos os recursos de transporte são corretamente utilizados?

Isto tem de ser muito claro: se conseguirmos utilizar menos energia para movimentar mercadorias da origem para o destino, iremos reduzir o custo de transporte e as emissões de gases de estufa. Mesmo que o veículo seja elétrico, a energia tem de vir de algum lado. De forma a minimizar a utilização de energia, todas as unidades logísticas e outros recursos de transporte devem sempre ter como objetivo a maior taxa de ocupação possível. Os fatores de carga devem rondar perto de 100% em trajetos de longo curso e o mais alto possível quando os veículos saem dos terminais para entregas de última linha.

A solução MIXMOVE Match foi desenvolvida com este objetivo. Pode ser utilizada em terminais (hubs) para consolidar fluxos e reconstruir a carga ao nível, de forma a garantir a melhor utilização possível dos recursos de transporte. A solução pode ser implementada por qualquer operador sem alterar as infraestruturas físicas ou tecnologia existente.

 

2. Estará a frota de camiões a ser utilizada corretamente?


Uma coisa é encher todos os camiões e outros meios de transporte adequadamente. Outra é garantir que se deslocam da forma mais eficiente possível. Por exemplo, utilizando a rota mais inteligente para o seu destino, evitando engarrafamentos, bloqueios na estrada e outros fatores que podem causar atrasos.

A solução MIXMOVE Deliver, juntamente com a Match, distribui a carga nos camiões e otimiza de forma dinâmica as suas rotas. Caso sejam recebidos pedidos de recolhas (devoluções, etc.) enquanto os camiões estão em movimento, a otimização certifica-se de que estas novas atribuições de mercadoria e paragens são consideradas, novamente, garantindo a rota mais eficiente e a menor utilização possível de energia.

 

3. Como deve ser feita a gestão das cadeias de abastecimento verdes?


Peter Drucker, um dos influenciadores de gestão afirmou que “If you can't measure it, you can't improve it” (O que não pode ser medido não pode ser gerido). Esta afirmação é especialmente relevante quando tentamos implementar cadeias de abastecimento verdes. Para garantir que está a tornar as suas operações logísticas mais ecológicas, tem de medir continuamente as suas operações. Isto passa por recolher e processar todo o tipo de eventos (estado) de forma a avaliar o desempenho de todos os processos logísticos utilizados.

Para que o processo seja realizado corretamente, todas as trocas de informações entre os intervenientes logísticos têm de ser eletrónicas. A recolha de informações tem de começar o mais depressa possível na cadeia ou na rede. Isto implica o fornecimento por parte dos expedidores de todas as informações relevantes do ponto de vista logístico em formato eletrónico. Com a nossa solução Ship, os expedidores têm a capacidade de definir e rotular as suas expedições e remessas.

Juntamente com a solução MIXMOVE Match e MIXMOVE Deliver (que também recolhe todos os eventos relevantes durante as operações), o desempenho de todos os processos logísticos pode ser analisado e afinado, permitindo garantir e documentar que as operações logísticas são as mais ecológicas possíveis.

 

Descarregue uma checklist gratuita


English Dansk Español Polski